A organização da cadeia produtiva de acessórios e Equipamentos de Proteção
individual (EPIs) contra a contaminação do COVID-19 apresenta um meio de
enfrentamento que objetiva ser rápido e de baixa complexidade, utilizando atores da
própria comunidade interna e externa do IF Sudeste MG, visando atender
profissionais da saúde pública, bem como a comunidade geral da cidade de Santos
Dumont-MG. O projeto é baseado em três grandes pilares integrados entre si:
Sensibilização e importância do uso de EPIs, formação e informação de atores para
atuarem na produção dos mais diversos EPIs com as tecnologias de costura,
montagem e manufatura aditiva (impressão 3D) e produção de EPIs como: escudos
e máscaras faciais, touca, capote, sapatilhas e acessórios para abertura de
maçanetas. Nesse pilar último pilar objetiva-se estudar a demanda, levantar custos,
comprar insumos /matéria prima, organizar e controlar a produção e garantir a
logística de entrega ao público alvo. Pretende-se, portanto, alcançar um bom nível de
proteção contra o covid-19, ter pessoas conscientes e sensibilizadas, oportunizar
bolsistas a terem contato com um desafio real, ter uma sociedade integrada para um
bem comum e por fim, alcançar uma visibilidade positiva para as ações
extensionistas do IF Sudeste MG.

Deixe um comentário